Git - Uma história e repositórios do GitHub"

Git é um sistema de controlo de versão e gestão de código fonte extremamente utilizado em todos os cantos do mundo.

Hoje vamos aprender a criar um simples repositório no GitHub e fazer a primeira “commit” ou seja, enviar os primeiros dados para o repositório.

Um pouco de história…

O kernel (ou núcleo) do Linux é um projeto de código aberto com um tamanho muito grande. No período de 1991 a 2002 houveram grandes mudanças no kernel do Linux visto que foi o período onde a manutenção foi maior.

Em 2002, este projeto começou a utilizar um sistema de controlo de versão proprietário, o BitKeeper.

Três anos mais tarde, em 2015, o relacionamento existente entre a comunidade que desenvolvia o Kernel e a empresa do BitKeeper desfez-se e isso levou a comunidade a pensar numa nova solução.

A comunidade começou então a desenvolver um novo sistema sendo que os objetivos que pretendiam atingir com este sistema eram a velocidadeum software robusto, design simples e capaz de lidar com grandes projetos.

Foi assim que nasceu o Git. Ao longo dos anos tem vindo a tornar-se um sistema de controlo de versão mundialmente conhecido e utilizado.

Porquê o GitHub?

O tutorial de hoje é, em parte para o GitHub, mas a restante parte é indiferente pois basta ser um repositório Git.

Estamos a utilizar o GitHub por ser um serviço muito conhecido e utilizado e a criação de repositórios ser simples, fácil e rápida.

Let's start

Os requisitos são ter uma ligação à Internet, ter o Git instalado no vosso computador através desta página e ter uma conta no GitHub.

Assim, começamos por ir ao site do GitHub e clicamos no botão + → New Repository como podem ver na imagem abaixo.

Depois tens que preencher o nome do repositório, a descrição e, por agora, não são precisas mais configurações. No final é só clicar no botão verde.

Copia o código HTTPS ou SSH utilizando o botão que aparece do lado direito.

Agora que já temos o repositório configurado no GitHub, vamos colocá-lo no nosso computador. Esta parte agora é igual independentemente do serviço utilizado, GitHub, Bitbucket, etc, basta ser Git.

Git, git, git e mais git

Começa por abrir a linha de comandos/shell ou qualquer outra coisa que use o teu sistema operativo no local onde queres que o repositório seja clonado/copiado/armazenado.

Tem em atenção que, se abrires na pasta D:\dev, o repositório vai ser clonado em D:\dev\nomeDoRepo. Executa então o seguinte comando:

git clone <URL-QUE-COPIASTE>

Agora é só esperar uns segundos até que o repositório seja clonado. Deves receber uma mensagem semelhante à seguinte:

Cloning into 'RepositorioDeExemploCOXPE'...
warning: You appear to have cloned an empty repository.
Checking connectivity... done.

Agora naveguem até à pasta do repositório utilizando o comando cd  . Agora que estão dentro da pasta, devem ver uma pasta chamada .git oculta.

Vamos então criar o nosso primeiro ficheiro para enviar para o repositório. Comecem por executar o seguinte comando:

echo Este é o meu primeiro repositório > README.md

Esse comando vai fazer com que seja criado um ficheiro README.md com o conteúdo “Este é o meu primeiro repositório” (sem aspas). Agora é hora de enviar este ficheiro para o servidor. Para isso executamos um dos seguintes comandos:

#Para adicionar apenas UM ficheiro
git add <nome-do-ficheiro>

#Para adicionar todas as novas modificações
git add -all

Agora temos que adicionar uma mensagem que vai identificar este envio. Para isso escreve o seguinte, substituindo “My Message” pelo que quiseres (mas sempre com aspas):

git commit -m "My Message"

Agora é hora de enviar as mudanças para o repositório remoto. Para isso executa o seguinte comando que irá enviar as alterações para a “branch” master:

git push origin

#Depois insere os dados de utilizador quando pedido

Pronto…

Pronto, já está! Se fores agora ao repositório que criaste irás ver o novo ficheiro. Como o ficheiro foi denominado README.md, este estará sempre visível quando abrimos o repositório na parte abaixo da listagem dos ficheiros.

Espero que tenham gostado deste pequeno tutorial :)

Fiquem atentos. Em breve teremos novidades com o Pplware:)