PHP - Como utilizar o Gettext para traduções [Parte 2]

Na primeira parte deste artigo, ensinámos a configurar o Gettext em conjunto com o PHP de forma a que hoje possamos criar as nossas primeiras traduções.

Agora é hora de criarmos as nossas primeiras traduções. Para isso, podemos instalar um programa chamado Poedit que nos vai ajudar. Podem descarregá-lo aqui.

Abra o Poedit e clique em Ficheiro → Novo e selecione a língua mãe do seu site. No nosso caso, é português de Portugal (pt-PT). Depois disso, guarde o ficheiro em lang/site_multi_lingua.pot.

Logo de seguida, clique em Extrair das fontes. Agora, adicione o caminho do seu site na seção Caminhos da aba Caminhos das fontes.

De seguida, dirija-se à aba Propriedades da tradução e dê um nome ao projeto.Pode ainda escolher outras opções.

Na última aba, Palavras-chave das fontes, adicione __   e _e. Depois clique em OK e espere que os ficheiros sejam analisados.

Caso ocorra algum erro relacionado com caracteres não ASCII, clique em Catálogo → Propriedades → Codificação do código fonte e selecione UTF-8. Depois clique em Atualizar.

Agora deverá ver um ecrã semelhante ao seguinte:

Poedit

Poedit

Guarde este ficheiro e depois vá a Novo → Novo de ficheiro POT/PO. Selecione o ficheiro base que gravou antes e escolha a nova língua.

Agora basta clicar no item a traduzir e depois escrever a tradução na caixa de texto na parte de baixo do programa.

Depois, grave o ficheiro em lang/en_GB/LC_MESSAGES/site_multi_lingua.po. Altere en_GB pela língua que criou.

Agora, para testar se está tudo a funcionar, basta digital no URL /?lang=en_GB ou outra que queira testar.

Pode ver neste repositório do GitHub todo o código que foi aqui produzido com alguns exemplos de linguagem adicionais.

Refiro ainda que o Gettext faz _caching _de todas as strings.

Or if you don't know what a response is, you can always write a webmention comment (you don't need to know what that is).